Cidades no Brasil dependem só do mototáxi

Mototáxi é o único transporte disponível em 18 cidades do país

O mototáxi é um serviço conhecido por chegar onde ninguém mais chega. No Brasil, há muitas cidades que não há transporte público. O táxi tem difícil acesso e os apps de motorista particular, nem se fala. 

O que muita gente ainda não sabe é que não apenas bairros ou regiões, mas cidades inteiras são dependentes dos serviços dos mototaxistas. É o que revelou o Perfil dos Municípios Brasileiros de 2017.

O levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que em 18 municípios brasileiros, o mototáxi é o único serviço de transporte disponível. São cidades inteiras sem ônibus, táxis, trens, barcos, vans, metrôs ou aviões. Não há nem mesmo ônibus que realizam viagens intermunicipais. 

Nesses locais, os moradores dependem do mototáxi para ir ao médico, ao trabalho, estudar e realizar seu afazeres diários. A revista Piauí em setembro de 2018 publicou em seu site uma reportagem relatando os dramas vividos pela população das cidades sem transporte público. São diversos relatos de insegurança e inacessibilidade gerado pela falta de transporte. 

Dos 18 municípios da lista, sete estão em Goiás: Arenópolis, Baliza, Britânia, Cachoeira Alta, Jaupaci, Moiporá e Mundo Novo. Ainda no Centro-Oeste, a cidade mato grossense de Serra Nova Dourada aparece na lista.

No Nordeste, quatro municípios do Rio Grande do Norte constam na lista. São eles Apodi, Baraúna, Luís Gomes e Umarizal. As outras cidades nordestinas são São Pedro da Água Branca (MA), Vila Nova dos Martírios (MA), Olho d’Água do Piauí (PI), Santa Cecília (PB) e São João do Tigre (PB). 

Além disso, no Norte consta o município paraense de Eldorado do Carajás. 

Dependência pode ser ainda maior

Em algumas cidades não há circulação regular de transporte público intramunicipal. No entanto, há ônibus que ligam a cidade com outras cidades próximas. Alguns desses ônibus até possuem pontos dentro da própria cidade, fazendo o papel de um ônibus intramunicipal.

Ao todo são 52 municípios no país em que só há ônibus intermunicipal. Desses, em apenas 15 os ônibus também realizam paradas dentro do município. Isso significa que o transporte interno fica sob responsabilidade dos mototaxistas.

Serviço de mototáxi é essencial para cerca de 200 mil pessoas 

Somados os habitantes dos 18 municípios, aproximadamente 200 mil brasileiros dependem exclusivamente do serviço dos mototaxistas. Esse dado, além de revelar o grave problema do transporte público brasileiro, demonstra a importância do serviço no país.

Cabe relembrar aqui que esse número provavelmente é maior, afinal de contas, há muitas cidades, grandes inclusive, que o transporte público não chega em determinadas regiões. Justamente por isso o serviço de mototáxi é tão importante. 

É por isso que esse trabalho deve ser tão respeitado. E é por isso também que os próprios mototaxistas devem ter a consciência da importância do trabalho deles. Para isso, é importante que os grupos de mototaxistas busquem modernizar a gestão de suas centrais. 

A Moto Machine pode ajudar esses grupos de mototaxistas. O produto da empresa carioca Machine, especializada em apps de transporte, oferece um eficiente sistema de despacho e um app moderno com um design intuitivo. O produto permite que eles tenham o próprio aplicativo, com nome, logotipo, regras e preços definidos por eles.